Categoria: Notícias

PF prende traficante internacional de 62 anos com 3 quilos de cocaína em Cumbica.

PF prende traficante internacional de 62 anos com 3 quilos de cocaína em Cumbica.

By sudamar on 22 de agosto de 2016 in Entrevistas, Notícias

 

venezuelano2A Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos prendeu na madrugada desta segunda-feira, 22, um passageiro com destino ao Catar que carregava cerca de 3 quilos de cocaína na bagagem. O venezuelano, de 62 anos, embarcaria em voo com destino a Doha no Catar.

Ao passar pela revista e busca pessoal, no setor de imigração, o funcionário do aeroporto identificou um alto índice de contaminação por cocaína nas bagagens de mão do idoso e alertou os policiais federais que recuperou as malas que o traficante já havia despachado no check-in. As malas foram periciadas foi identificado um fundo falso contendo quase 3 quilos de cocaína.

O passageiro recebeu voz de prisão e de acordo com a Polícia Federal, confessou que receberia um pagamento em dólares para entregar a droga em Hong Kong.

O preso foi conduzido a um presídio estadual onde permanecerá à disposição da Justiça respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PF investiga fraude milionária no mercado clandestino de cigarros na terceira fase da operação Huno.

PF investiga fraude milionária no mercado clandestino de cigarros na terceira fase da operação Huno.

By sudamar on 24 de julho de 2016 in Entrevistas, Notícias

DivPFCigarros
Delegados da Polícia Federal cumpriram quatro mandados de busca e apreensão no Rio Grande do Sul durante a terceira fase da operação Huno que combate o Mercado clandestino de cigarros.

Segundo o delegado da PF Gustavo Schneider.”Um dos contratos teria o valor de R$ 17 milhões. É um valor expressivo, mesmo em um mercado forte como o do tabaco, mais ainda em se tratando de alguém que tinha muitas dívidas. Não é normal que essa pessoa receba empréstimo de bancos”,

Nessa terceira fase, a PF concentrou as investigações em transações financeiras realizadas por uma das pessoas presas na segunda fase da operação, em março deste ano. O suspeito é empresário do ramo fumageiro e teria efetuado diversos empréstimos fraudulentos em instituições financeiras.

De acordo com o delegado, a investigação abrange vários contratos e, portanto, o valor total dos empréstimos realizados pelo suspeito é ainda maior.

Os mandados de busca e apreensão foram realizados nas instituições financeiras que liberaram os empréstimos ao empresário. Foram apreendidos computadores, pendrives, mídias óticas, extratos bancários, agendas, minutas de contrato e outros documentos. “Vamos analisar todo esse material e, depois, ele será encaminhado a Porto Alegre”, informou o delegado.

Os nomes dos envolvidos e de suas empresas não foram divulgados porque o inquérito corre em segredo de justiça.

A Operação Huno foi deflagrada em novembro do ano passado no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Pará. Os ilícitos apurados pela investigação incluem associação criminal, receptação, falsificação de documentos, sonegação fiscal, exportação irregular de fumo, contrabando de cigarros, adulteração de produtos e pirataria.

Conforme a PF, os investigados utilizavam empresas de fachada para realizar contrabando de tabaco. O esquema envolvia fábricas no Paraguai e fábricas clandestinas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Nas fases anteriores da Operação Huno, a Polícia Federal prendeu um total de 21 pessoas e cumpriu 59 mandados de busca e apreensão. Além disso, foi determinado judicialmente o sequestro e arresto de 59 imóveis, 47 veículos e contas bancárias — patrimônio que totaliza aproximadamente R$ 79 milhões.

PF faz acordo com órgãos de segurança dos EUA para a Rio 2016

PF faz acordo com órgãos de segurança dos EUA para a Rio 2016

By sudamar on 24 de julho de 2016 in Entrevistas, Notícias

1.484023

A Polícia Federal firmou um acordo com a Agência de Fiscalização de Alfândega, Proteção de Fronteiras (CBP) e a Administração de Segurança e Transportes (TSA), ambas do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos Para aumentar a fiscalização, combater o crime transnacional e evitar ameaças à segurança de fronteiras,

A ação conjunta visa melhorar o combate aos crimes de fronteira ao mesmo tempo em que especialistas dos EUA em segurança de transporte atuarão em aeroportos do Brasil como oficiais de ligação — no caso da TSA —, em apoio aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Também foi feita uma parceria com o CBP para ajudar no combate ao crime transnacional e outras ameaças à segurança de fronteiras e na análise e avaliação de Informações Antecipadas sobre os Passageiros – API (dados biográficos específicos da tripulação e passageiros e outros detalhes do voo coletados antes da partida) e do Registro de Identificação de Passageiros – PNR (informação relacionada a um passageiro que conste no sistema de reserva de uma companhia aérea comercial e em seus registros de controle de partidas).

Todas essas medidas fortalecem os mecanismos de controle sobre as fronteiras e visitantes internacionais que aportam no país.

Delegados Federais lançam Livro “Temas Processuais Penais da Atualidade”

Delegados Federais lançam Livro “Temas Processuais Penais da Atualidade”

By sudamar on 17 de junho de 2016 in Entrevistas, Fotos, Geral, Notícias

No dia 15 de junho diversas autoridade estiveram presentes no lançamento do Livro “Temas Processuais Penais da Atualidade” no Rio de Janeiro.

O livro é o segundo da série “Doutrina e Prática, a visão do delegado de polícia”, organizada pelos delegados de polícia federal Clayton Bezerra e Giovani Celso Agnoletto.

A série  tem o apoio da ADPF, SINDPFRJ e FENADEPOL e traz uma coleção de artigos de delegados da polícia Federal e da polícia civil que apresentam diversos temas atuais sobre segurança pública no Brasil.

Cada um dos livros da coleção é esforço de vários autores, todos policiais, que buscam trazer visão interna de seu meio de atuação no dia a dia.

É sobretudo o trabalho da polícia escrito sob a ótica da própria polícia. Um conteúdo muito enriquecedor para policiais, estudantes de direito e membros do executivo, do judiciário e do legislativo.

Os interessados em adquirir o livro podem entrar em contato com o Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Rio de Janeiro através do e-mail sindpfrj@sindpfrj.org.br

SINDPF-RJ lança site do Programa Polícia Cidadã

SINDPF-RJ lança site do Programa Polícia Cidadã

By sudamar on 14 de abril de 2016 in Notícias

Cerca de cem pessoas estiveram presentes no dia 13 de abril ao lançamento do site www.policiacidada.com.br.

O evento foi realizado no hotel Windsor Guanabara e contou com a presença dos delegados da Polícia Federal no Rio de Janeiro, convidados e apresentadores do programa.

Durante o almoço no restaurante do hotel foram exibidas várias reportagens realizadas pelo programa, que em um curto tempo de existência já produziu 16 programas e mais de 25 entrevistas, debates e vídeos institucionais em dois estados e no distrito federal, com mais de 3 milhões de visualizações nos mais variados meios da internet.

DSC_8010cut
Pres. do SINDPF-RJ apresentando o site.

Durante o programa foram apresentadas as novas componentes da equipe do programa, a doutora Débora Rodrigues, Delegada da DEAM que vai falar em seus quadros sobre os direitos da mulher, e a tenente Sílvia Nobre Waiãpi que vai falar sobre direitos indígenas.

O programa conta também com os delegados de polícia civil Ruchester Marreiros (apresentador do quadro plantão policial) Juliana Domingues (também fala sobre direitos da Mulher) e Rafael Barcia, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, que fala sobre os direitos do idoso no quadro “protegendo a melhor idade”.

Os membros da polícia federal são o presidente do SINDPF-RJ Clayton Bezerra (âncora), o delegado Marcelo Itagiba (âncora) e o delegado Giovani Agnoletto, que fala sobre segurança aeroportuária no quadro “ponte aérea”.

DSC_8040 cut
Membros do SINDPFRJ e convidados.

O crescimento do programa já rendeu elogios em sessões no plenário da Câmara dos Deputados por vários parlamentares comprometidos com as causas da segurança pública no país, que ressaltaram em seus discursos a importância do debate que o programa está promovendo em toda a sociedade na busca por um novo modelo de segurança pública e na busca por melhorias para as atividades da polícia federal, como a autonomia financeira e administrativa através da PEC412.

De acordo com o delegado Clayton Bezerra, presidente do SINDPFRJ,  o projeto de comunicação social Polícia Cidadã já parte para novos desafios com eventos educativos para a população em praça pública  e a expansão e melhorias do estúdio onde os programas são produzidos na sede do SINDPF-RJ , com transmissões ao vivo.